Exportação de gasolina e diesel pela China cai em abril

20/05/2022

Dados também mostraram que as importações de gás natural liquefeito (GNL) pela China recuaram 34,5%, atingindo uma mínima de 2 anos

As exportações de gasolina pela China caíram um terço em abril em relação ao ano anterior, mas ficaram acima do esperado, já que as refinarias reduziram os estoques volumosos diante da queda da demanda doméstica sob os lockdowns contra Covid-19, mostraram dados da alfândega chinesa nesta quarta-feira (18).
Inicialmente esperava-se que as refinarias chinesas reduzissem as exportações de combustível em abril para evitar a escassez doméstica em meio à crise na Ucrânia, mas elas acabaram aumentando os embarques no exterior, já que as restrições da Covid-19 reduziram profundamente o consumo de combustível.
A China exportou 980 mil toneladas de gasolina no mês passado, mostraram dados da Administração Geral das Alfândegas, ante 1,16 milhão de toneladas em março e 1,47 milhão de toneladas no ano anterior.
As exportações de diesel totalizaram 530.000 toneladas, bem abaixo das 2,72 milhões de toneladas exportadas um ano antes e abaixo das 670.000 toneladas em março.
As vendas ao exterior de querosene de aviação, incluindo reabastecimento em aeroportos chineses para voos internacionais, aumentaram 46% no ano, para 960.000 toneladas, o maior volume mensal em dois anos.
As exportações totais de combustível refinado, incluindo combustível de bunker marítimo, caíram 44% em abril em relação ao ano anterior. As exportações nos primeiros quatro meses caíram 38% com a política de Pequim de reduzir o refino doméstico excessivo.
Os dados da quarta-feira também mostraram que as importações de gás natural liquefeito (GNL) pela China recuaram 34,5%, para 4,35 milhões de toneladas, o menor nível desde março de 2020.
As importações de janeiro a abril caíram 17%, pois os importadores evitaram suprimentos globais caros.

Reuters - CNN


Compartilhe esta notícia

Área restrita






Newsletter


cadastre-se para receber nossa newsletter





Sincopetro Vídeos


Governo estuda aplicar o autoatendimento nas bombas

Clicando em "Aceito todos do cookies", você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a experiência e navegação no site.

Aceito todos do cookies